terça-feira, 2 de abril de 2013

Vídeo-aula 16: Encaminhamentos pedagógicos: blog no ensino de ciências. Por: Mônica Fogaça.


Disciplina: Convivência Democrática
Vídeo-aula 16: Encaminhamentos pedagógicos: blog no ensino de ciências. Por: Mônica Fogaça.
Visualizado em: 02/04/2013

“A aula tem por foco descrever uma experiência de implantação de prática pedagógica que objetiva o reconhecimento e o diálogo com as práticas das culturas juvenis da comunidade local: a tecnocultura. Essa prática teve por propósitos facilitar a aproximação com os estudantes, ter maiores chances de influência na formação de identidades voltadas a um meta solidária e para o bem comum e também para obter melhores resultados nos processos de ensino-aprendizagem nas aulas de ciências.”

Vimos que a internet é um ambiente prioritário dos jovens no ambiente urbano, a aula relata a experiência feita com 06 classes do 9º ano com a utilização do blog, como ferramenta para trabalhar paralelamente a matéria de ciências.
Cabe consideramos que para o projeto foi utilizado:
* Web 2.0 (divulgação X produção)- ferramenta online;
* Mídias sociais (blog, wiki, redes sociais, podcast, videocast, RSS);
* Síncronas (interação rápida, produtor e o leitor presentes na internet) assíncrona (reflexão, pesquisa);
* Blog/ Resultados divulgados: motivação, qualidade do texto, análise, aprofundamento.
* Tipos de uso: memória, divulgação de projetos, análise de casos, contato e discussão com audiência mais ampla (além sala de aula), resolução de problemas, trabalho colaborativo.

Para realização do projeto a prática pedagógica, foi conduzida da seguinte maneira:
1- Mapeamento das práticas culturais (orkut concreto, dentro da sala de aula, produzindo um perfil em um papel na sala de aula, com fotos e á partir disso tentavam encontrar uma característica em comum com os outros jovens);
Observação: A principal característica em comum era atividades corporais, posteriormente o uso de aparelhos de telecomunicações, na sequencia passeios, Músicas e instrumentos e a estética que não foi muito citada inicialmente, mas que foi abordada depois em sala de aula.

2- Construção de temas culturais (Criado junto com os alunos e estudo a cada trimestre pelos alunos), como por exemplo:
* Eu me remexo muito (Práticas corporais, onde cada aluno escolhia uma dança, um esporte e estudava assim a física do movimento em aspectos físicos, biológicos, dentre outros aspectos como a mídia);
* Peleshop: ctrlc, ctrcv (Estética);
* Se liga brow (telecomunicações).

3- Um Blog foi criado em paralelo a todo o curso produzido por grupos- escolhiam focos das aulas para desenvolver aspectos da ciência e tecnologia participantes dos temas escolhidos por eles. (Existindo um mínimo exigido de postagem)
*Problema: mesmo com orientações da professora, os mesmos acabavam copiando e colando textos da internet.

4- Negociação da prática cultural e observação de indicadores da gestão democrática= diferença entre o uso de tecnologia digital e noção de tecnocultura.

5- Leitura dos blogs para busca de pistas das representações de conceitos e de identidade para preparo das atividades didáticas. (Busca das pistas das representações que os alunos vinham formando sobre o assunto que os alunos vinham pesquisando, para que se pudesse até mesmo desconstruir aquilo que não era pertinente, ou até mesmo aproximar os mesmos de sua realidade, trazer a reflexão para os próprios alunos).

5- Vários tipos de atividades didáticas (laboratório, texto, debate, problemas) + Estimulo da troca de comentários nos blogs (mesma classe, entre classes e com os da rede Mundial).
6- Estudos de conceitos de física, química e biologia e de outras áreas (economia, história, linguagem) foram trabalhados com dois focos para desconstrução: procedências (ressignificar e ampliar os significados iniciais das culturas juvenis).

Como resultado do Projeto foi obtido principalmente a mudança do conceito de tecnologia, indo além do aparelho, ampliando os conceitos até mesmo para os impactos ambientais a relação com o Mundo da política e da tecnologia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário